Textos e...

Textos e Imagens

sexta-feira, março 02, 2007

Asterisco


Toda a minha vida se resume neste asterisco. Parece que sei exactamente onde estou,tenho tantas certezas que roça a arrogancia,sei mais do que seria de esperar,sou capaz de citar A e B em tres linguas diferentes.Depois do asterisco esta lá tudo, o invisivel,o que sou realmente.Nao sei o que é para ser franco.Afinal de contas,para que servem os asteriscos?Para remeter noutra direcçao,para fazer ressalvas ou adenas-não tem existencia propria,são apenas intermediarios da comunicaçao. Sei que como eu ,te recuzas a aceitar a vida de asterisco.Por isso fomos escolhidos para este dialogo sobre o que raramente paramos para olhar.Tal como o jogo da vida, tem buracos escuros que, por mais pequenos que pareçam são feridas que não curam.Escrevo com a furia e a ternura que só a distancia garante. Nas linhas seguintes encontram-se a minha historia condensada em tinta preta .O resto é tudo aquilo que sobressai á ideia de uma lagrima.No jogo das relaçoes existe um botão onde é presciso carregar com convicçao para correr o risco de abrir e saber o que esta á espera lá dentro.No jogo da sobrevivencia não se mata realmente os inimigos .Tenho medo de me ter tornando um sujeitinho demasiado serio.A amizade é uma nota de debito que só devia ser passada aos amores ,aos amigos .Pois se tudo o resto é precário,caduco...Tudo o resto é como a neblina que impede de ver seja que exactidao for no mostrador da existencia.Do que tenho mais saudades é de acordar e não pensar em mais nada,como se o que se tivesse passado naquela noite não tivesse a menor importancia e absolutamente nenhum peso na minha existencia.Não sei quantas vezes fiz isso, mas lembro-me da sensaçao de liberdade misturada com uma leve consciencia da realidade que não me provocava remorsos nem ensobrava a minha alegria de viver.

5 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial